Notice: Uninitialized string offset: 0 in /var/www/pna.agrosolutions.de/htdocs/plugins/mobile/mjpro/remotedb.php on line 204 Funções do N e K na nutrição de plantas

HOME CARACTERÍSTICAS & BENEFÍCIOS Funções do N e K na nutrição de plantas
Funções do N e K na nutrição de plantas PDF Imprimir E-mail

Principais funções do nitrogênio (N) nas plantas

O nitrogênio é o componente principal de todas as proteínas (incluindo todas as enzimas), aminoácidos, ácidos nucleicos e clorofila. O nitrogênio é continuamente proveniente do solo e convertido a partir do mineral à forma orgânica. As fontes inorgânicas mais importantes envolvidas nesta conversão são NO3-, NH2 e NH44+. Os valores típicos do teor de nitrogênio nas plantas estão entre 3 - 5% do teor total de matéria seca.


Sintomas da deficiência de nitrogênio nas plantas

Sintomas da deficiência de nitrogênio são expressos pela planta como:

  • Taxa de crescimento reduzida.
  • Redução no tamanho das plantas, flores e frutos.
  • Clorose (amarelecimento geral da planta a partir das partes mais velhas da planta).


Principais funções do potássio (K) nas plantas

O cátion de potássio não tem nenhuma finalidade estrutural, mas é o cátion mais comum nos processos bioquímicos das plantas. As funções essenciais do potássio serão encontradas na síntese de proteínas, no processo da fotossíntese, no transporte de açúcares a partir das folhas para os frutos e na produção e acumulação de óleos. Um bom suprimento de potássio deve sustentar a função da folha ao longo de todo o período de crescimento dos frutos e contribuir para o efeito positivo do K na produção e em um alto teor de sólidos solúveis (mais açúcares) nos frutos na época da colheita. Por exemplo, no tomate, cerca de 60 - 66% do K absorvido pela planta é encontrado na fruta. A ação do potássio na síntese de proteínas aumenta a conversão do nitrato absorvido em proteínas, que contribui para uma melhor eficiência do fertilizante nitrogenado fornecido (SQM, 2006). Os valores típicos do teor de potássio em plantas estão entre 3 - 4% do seu teor de matéria seca.

O cátion potássio está envolvido na manutenção do potencial osmótico da planta (turgescência das células), uma implicação desta ser a regulação da abertura e fechamento de estômatos, que permitem que as plantas troquem gás e água com a atmosfera. Isso permite que as plantas mantenham um status hídrico adequado sob condições de estresse, tais como salinidade ou falta de água. Na verdade, as culturas com elevado teor de potássio geralmente mostram uma melhor eficiência no uso da água, ou seja, consomem relativamente menos água do que culturas com carência de K para produzir a mesma quantidade de biomassa. Além disso, o potássio está envolvido nos processos de maturação das frutas, tal como a síntese do pigmento licopeno, que é responsável pela cor vermelha nas frutas, como em frutos de tomate por exemplo. O potássio também promove um elevado teor de ácidos, que é essencial para um bom sabor nas frutas (SQM, 2006).


4_3_pt.gif

Figura 1. K intensifica o transporte e armazenamento de assimilados da folha ao fruto.
(Clique na figura para ampliar, Clique aqui para abrir e imprimir a figura)



Resumo das principais funções do potássio na planta:

  • Promove a produção de proteínas (conversão mais rápida de N inorgânico para proteínas).
  • Promove a fotossíntese (maior assimilação de CO2, que irá resultar em maior produção de açúcar).
  • Intensifica o transporte e armazenamento de assimilados (de folha para os frutos) (Figura 1).
  • Prolonga e intensifica o período de assimilação (o que resulta em maior qualidade de frutas).
  • Melhora a eficiência dos fertilizantes nitrogenados.
  • Melhora a eficiência no uso da água (menos água é necessário por kg de biomassa produzida).
  • Regula a abertura e fechamento dos estômatos (células guarda).
  • É o responsável pela síntese de licopeno (pigmento da cor vermelha nos frutos).


Sintomas da deficiência de potássio nas plantas

  • Folhas e talos
    • Plantas jovens com folhas verde escuro, talos pequenos e entrenós curtos.
    • Necrose na beira das folhas mais velhas, folhas curvadas para cima.
    • Manchas necróticas internervais nas folhas velhas.
    • Redução na altura e área foliar da planta.
  • Frutas e órgãos de armazenamento
    • Frutas caem facilmente durante o amadurecimento
    • Manchas durante a maturação.
    • Frutas são insípidas (sem sabor), baixa acidez.
    • Surgem áreas (manchas) verdes e amarelas fundindo-se a cor vermelha da superfície do tomate.
    • Amadurecimento desuniforme.
    • Manchas "vitrificadas“.
    • Redução no número de frutos por cacho (penca).
    • Redução no pegamento de frutos (maior aborto).
    • Redução no peso médio de frutos.
    • Baixo teor de matéria seca em órgãos de armazenamento (por exemplo, tubérculos de batata)


Referência:

SQM, 2006. SQM Crop Kit Tomato.


 

^ Ir para o início   

Foliar potassium nitrate applications increased fruit quality of table olives. Leia mais...
Potassium nitrate outperformed potassium chloride and potassium sulphate as the K source in making up fertigation solutions for crops growing in desert soils under highly saline conditions. Leia mais...